domingo, 26 de novembro de 2017

Sedeveria Letizia

A Sedeveria Letizia é uma daquelas suculentas que quando a vemos pela primeira vez, cativa-nos de imediato.
As suas rosáceas são compactas, pequenas e delicadas. Consoante a exposição ao sol e a estação do ano pode adquirir tonalidades diferentes do verde (verão) ao vermelho (inverno).
Foi criada através do cruzamento de duas espécies: um Sedum (Sedum cuspidatum) e uma Echeveria (Echeveria setosa v. ciliata). Daí a designação Sedeveria.
Cresce com facilidade desde a primavera até ao outono, lançando novas rosáceas e é fácil de reproduzir através das folhas. Deve ser mantida a meio sol ou sol pleno, suportando baixas temperaturas, incluindo negativas (-4º). Não necessita cuidados especiais em termos de rega, podendo ser regada uma vez por semana em pleno verão (dependendo do substrato).
A floração ocorre na primavera. A haste floral é curta, quando comparada com a de muitas echeverias e seduns, as flores brancas, delicadas e de grande duração.

Nome Científico: Sedeveria 'Letizia'
Origem: Sedum cuspidatum X Echeveria setosa var. ciliata
Família: Crassulaceae
Categoria: Suculentas, Perenes
Exposição: Sol pleno, meio-sol
Ciclo de vida: Perene
Cor das flores: Branca
Floração: Primavera

Fontes/ligações:

Sem comentários:

Publicar um comentário